Compartilhe essa notíciaShare on Facebook1Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone

O título acima é bem sugestivo, não? Afinal, todo empreendedor busca o sucesso de sua empresa. E recebê-las de grandes figuras de seu nicho também ajuda a trilhar caminhos similares. Mas como o título também sugere, são dicas, não regras escritas em pedra. Você pode segui-las, adaptá-las a seu modelo de negócios, ou ignorá-las: nem tudo que escutamos serve para nós, correto? Então, com sinceridade empreendedora, leia as dicas e capte aquela(s) que melhor se adapta ao seu momento. Vamos a elas:

1. Dê atenção para os clientes

Uma das vantagens dos empreendedores iniciantes em relação a grandes empresários é a sua proximidade maior com os clientes almejados, principalmente agora com a chegada das redes sociais. Esse contato maior com o público, deve ser valorizado para que seu empreendimento seja bem sucedido. Por serem pequenos, os novos empreendedores possuem já uma agenda relacionada a lida com o público, normalmente bastante próximos. Também, a pequinês do negócio naquele momento permite com que o atendimento se torne personalizado, as vezes até totalmente individual, dependendo do tamanho do negócio. O que é diferente em grandes empresas, já que o volume de atendimento seria humanamente impossível criar tal personalização ou proximidade com a liderança do negócio.

A dica para pequenos é – Dê atenção para os clientes. Aproveite esse momento que você pode realmente personalizar a comunicação e estar bem próximo. Já, para os que estão em maior escala de atendimento, tente ser pelo menos o mínimo do que seus clientes esperam de você – Eficaz. Solucione os problemas de forma rápida e clara, para isso são necessários processos enxutos, bem definidos e pra tanto o auxílio de um consultor especializado em desenvolvimento de processos é de grande valia.

2. Desenvolva suas capacidades e se atualize

Para levantar sua empresa de maneira satisfatória, é necessário desenvolver suas capacidades profissionais, seja dentro do mercado escolhido, seja nas características gerais que todo empreendedor precisa possuir, como gestão de pessoas e administração, por exemplo. Mas isso não é tudo: se manter atualizado quanto às tendências do mercado e as novidades que estão surgindo, ou melhor ainda, se antever a elas, é importante para se manter na área.

O auxílio do processo de coaching para empreendedores ajuda a encontrar os pontos fortes e trabalhá-los, assim como a criar ambientes criativos para desenvolvimento de ideias. Ideias essas que podem abrir novos mercados ou portas específicas para o seu negócio.

3. Seja versátil e adaptável às mudanças

O planejamento é um processo de extrema importância dentro do processo empreendedor. Mas mesmo ele não deve ser levado tão rigidamente a ponto de minar suas ideias e oportunidades. Adaptar o planejamento quando for necessário ajuda a desenvolver seus projetos de maneira mais eficaz, e pode tornar o processo ainda mais produtivo. É importante aprender sobre processos enxutos e flexíveis, uma ferramenta excelente que não pode faltar em bons projetos é o Canvas de Modelagem de Negócios, ele permite que sejam feitas adaptações rápidas e testes interessantes em seu negócio, além de ser uma ferramenta bastante visual, o que auxilia na manutenção diária de boas práticas – (Faça o Download do Canvas AQUI).

4. Faça seu trabalho com amor

Hoje em dia se destaca muito entre os empreendedores, e novos profissionais em geral, o “fazer aquilo que gosta”. Contudo, mais importante do que trabalhar na área almejada, é amar aquilo que faz. Sim, nem todos os profissionais que atuam em sua área o fazem porque amam seu trabalho. E essa diferença é sentida pelo seu público, cedo ou tarde.

Mas uma coisa muitas vezes não pensada é que dificilmente você será feliz fazendo algo para o qual não tem real habilidade de fazer. Um exemplo comum disto está nas áreas artísticas, você já parou para pensar quantos são os músicos completamente falidos e que sabem que nunca conseguirão sair desse estado? São muitos, e grande parte deles é por uma falta completa de talento. Não levam jeito para a coisa, mas amam o que fazem, isso certamente não realiza ninguém, existe sempre aquela frustração de saber que você está fazendo talvez aquilo que ama, mas nem chega perto de ser bom naquilo que ama, será realmente que vale continuar gastando a sua vida em algo que você sabe que não terá sucesso, reconhecimento e gratificação?

A resposta mais sincera para isso é – Não. Portanto, não apenas faça aquilo que ama, encontre amor naquilo que você faz bem.

5. Saiba o que te motiva

Muitos empreendedores começam seus trabalhos com uma boa ideia e um objetivo claro para seu uso. Ao entrar no mercado, mantenha-o em mente, para nortear seus trabalhos mesmo quando as despesas e a falta de lucros vierem. Quando se sabe os motivos que o levaram a empreender, toda dificuldade pode ser superada.

Só saia do seu rumo quando realmente estiver nítido de que precisa de mudanças, muitos empreendedores falham em antecipar mudanças quando na verdade estavam trilhando o caminho da inovação válida em busca de uma inovação precipitada, de uma inovação incoerente. Em 2012 eu fui palestrante no XI Fórum Internacional de Criatividade e Inovação, realizado em Aracaju, para quem ainda não conhece esse evento – ele é o maior evento do tema no Brasil, um dos maiores e mais respeitados do mundo. Levei a palestra “Criatividade e Inovação: Planejamento e Estratégia Digital.” – durante a palestra uma coisa impactou o público que estava ouvindo, foi a seguinte frase:

“De nada adianta ser criativo e ser inovador se a criatividade não é inteligente e a inovação não for estratégica.” – Luiz Castro Jr.

Quando falamos algo do tipo para empreendedores brasileiros é de uma estranheza sem par, afinal de contas no Brasil o costume de empreender é praticamente sem qualquer planejamento, quase que no susto, por apenas impulso. A criatividade é tratada de forma relaxada e superficial, considerando apenas coisas bastante “engraçadinhas” como criativas, quando na verdade o poder da criatividade é totalmente transformador e eleva de forma ímpar os processos e a qualidade daquilo que está sendo buscado melhorar. Essa percepção da criatividade pro simples e boba, e da inovação da forma de “recauchutagem ou jeitinho brasileiro” é o que tentamos buscar mudar nos hábitos de empreender das empresas para as quais prestamos consultoria.

6. Dedique-se mais do que tudo

Apesar de não sentirmos, nossos trabalhos tomam grande parte de nossas vidas. E para que aproveitemos esse tempo da melhor maneira, é necessário dedicação e esforço. Obviamente, você não precisa dedicar sua vida inteira a seu trabalho, mas dentro do período escolhido, dê o seu melhor.

Só existe uma garantia na vida do empreendedor, essa é – “Você vai trabalhar e trabalhar duro para conquistar a simples oportunidade de poder ter sucesso”.

Com isso em mente já é possível compreender uma máxima que trabalhamos no Coaching empresarial – Seja honesto, afinal de contas, se você já está trabalhando, o que custa trabalhar dando o seu melhor? É apenas uma questão de bom senso, nada mais do que isso.

7. Não tema os fracassos

Dedicamos um artigo inteiro para falar sobre esse aspecto tão temeroso por parte dos empreendedores que é o momento do fracasso. Falhas são inevitáveis em qualquer tipo de negócio, e um bom empreendedor precisa aprender com elas para melhorar seu negócio e suas próprias capacidades. Um bom empreendedor sabe aproveitar o melhor de todas as lições, positivas e negativas.

Temos certeza que pelo menos 1 dessas dicas foi importante e pode surtir efeito na sua lida de empreender no dia a dia, isso já nos faz feliz – afinal de contas é esse o nosso trabalho – Melhorar a capacidade empreendedora do brasileiro.

Compartilhe essa notíciaShare on Facebook1Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone

Sobre o autor

Pai, amigo, filho, cristão e geek... Luiz é consultor para projetos no ambiente on-line, gerente de projetos on-line e escritor/colunista. Apaixonado por leitura e novas tecnologias sempre está adiante do seu tempo e com os pés no chão para conseguir levar cada projeto ao próximo estágio. De perfil estratégico e organizado considera que o sucesso só vem depois da aplicação de muito esforço em função de um objetivo, concentrando-se em metas e alicerçando-se na capacidade de adaptação conforme a necessidade do mercado.

FacebookMore...